O amor segundo a Bíblia.

"O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. (I Corintios 13: 4-7). Graça e paz do Senhor aos amados irmãos em Cristo em todas as igrejas do mundo que se anunciam pelo seu nome. Amados, um assunto vem me inquietando a muito tempo. O Amor. Porque as pessoas reclamam tanto que não são amadas? Porque tantas pessoas confessam não acreditarem no amor e dizem que ele não existe? Mas afinal, existe ou não amor? Vamos por parte queridos. O amor existe sim, existe e é verdadeiro. O que muitas vezes deixa de existir é a coragem para renunciar a si e amar o outro. Ora meus queridos, a Bíblia diz que o amor não é invejoso, portanto anulamos aquele sentimento que nos leva a desejar um amor exclusivo e possessivo. Percebam que estamos falando de amor e não de relações carnais amados. O amor é gratuito irmãos e não dá direito a posse, mas oferece a oportunidade da entrega. Esta entrega é doação e não sacrifício, portanto não há amor menor ou maior, mas um amor único e verdadeiro. O amor não se Vangloria, não há amor em quem se exalta porque ama, até porque no amor não há soberba, mas um comportamento agradável e pacífico. Porque quem ama meus amados, não visa seus próprios interesses? Porque amar é justamente o oposto, é visar o interesse do outro. Porque não temos amor para nós mesmos, mas para doá-lo a outros. Relembremos "E o segundo é este: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que esses." (Marcos 12:31). Temos outra citação semelhante em "Respondeu-lhe ele: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo." (Lucas 10:27). O amor não se irrita, não se altera, não grita, não ofende, não trata mal amados. A Bíblia diz que a palavra branda desvia o furor. Então que sejamos doces, mansos e suaves no falar e no agir. O amor não é ciumento. Mas porque não? Porque o amor confia amados. O amor é seguro, não fica a mercê de desconfianças, vigiando o outro, procurando provas para incriminar. Os olhos de Deus estão em toda parte queridos, descansem no Senhor e amem-se em paz. Ora, nos diz ainda o versículo que o amor não folga com a injustiça. Amados tem coisa pior que aquela frase tão comum e tão usada que diz: "Bem feito!". Amados, o amor não se alegra em ver alguém triste porque é injusto e ele não folga com a injustiça. O amor é Verdade, é Justiça e alegra-se na Verdade e na Justiça irmãos. Passou disso não é amor. O amor é sofredor queridos, sofre tudo, mas não perece, o amor não passa, não morre, o amor é imortal e não importa o quanto sofra. O amor é esperança, é fé, ele acredita, persevera, insiste e não desiste nunca, portanto, não se aparta. Ele suporta tudo amados. Analise cada característica do amor e busque exercitá-las queridos, não será fácil, mas voce conseguirá vitórias se perseverar nesta busca. Consagre, peça ao Senhor para crescer em seu amor, ore, peça e receberás. A Bíblia diz: "Se vós permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes, e vos será feito." (João 15:7), então peça amado, permaneça firme nos caminhos do Senhor e peça para que Ele restaure seu amor. Ósculo Santo e até a próxima.

Seguidores do Google